Falta de oportunidades de franquias de postos de gasolina para o visto E2

Falta de oportunidades de franquias de postos de gasolina para o visto E2

Prefácio

Na Visa Franchise, muitos dos nossos clientes questionam sobre franquias de posto de gasolina ou de loja de conveniência devido ao pressuposto de que eles são um investimento rentável, sólido e seguro. Nós passamos um tempo considerável pesquisando a indústria para oportunidades de investimento em nome de nossos clientes. Através desta pesquisa em postos de gasolina e lojas de conveniência, a Visa Franchise descobriu que estas empresas não são nem um pouco ideais para investir nos Estados Unidos devido aos fatores e problemas específicos que a indústria enfrenta. Esses tipos de modelos de negócios raramente possuem as características que a Visa Franchise procura, ativamente, nas empresas para que nossos clientes se mudem para os EUA através de um investimento de negócios EB-5, L-1 ou E-2 elegível.

Contexto da Indústria

Para entender a indústria, precisamos deixar alguns pontos claros. Primeiro, ajuda a considerar os postos de gasolina e as lojas de conveniência como sendo a mesma indústria. Isso se deve ao fato de que o modelo de negócios da grande maioria dos postos de gasolina se baseia na geração de lucros através de suas lojas de conveniência, em vez da gasolina, que geralmente gera apenas alguns centavos de lucro por galão vendido. Outro fator interessante é a diminuição da presença de grandes empresas integradas no varejo de gasolina. Desde 2007, essas grandes marcas saíram do negócio de varejo de gasolina para se concentrarem mais nas operações de produção e refinação de recursos. Empresas como ExxonMobil, Shell, BP e ConocoPhillips começaram ou concluíram o processo de venda de todas as suas instalações que eram operadas diretamente por eles. Desde junho de 2016, eles possuem menos de 1% da indústria total em todo o país.

Ao olhar para as lojas de conveniência (c-store) especificamente, é interessante olhar para a propriedade individual e as operações das lojas. A maior parte da indústria é composta por operadores de proprietários únicos ou empresas consolidadas de c-store que não estão à procura de franquia. Aproximadamente 40,9% da indústria total de lojas de conveniência é controlada pelas 100 principais cadeias. A falta de conceitos padronizados de loja de conveniência franqueada torna extremamente difícil para qualquer um, incluindo estrangeiros que se deslocam para os EUA através de um visto de investidor, para investir em um conceito nesta indústria que tenha sido comprovado nos EUA.

As poucas empresas que estão abertas a ter franqueados exigem que os franqueados sejam cidadãos americanos ou portadores de green card. Exemplos disso são Ampm, Circle K e 7-Eleven. Isso torna quase impossível que um estrangeiro se torne um franqueado de um posto de gasolina ou de uma loja de conveniência. Isso resulta em deixar indivíduos interessados em abrir um posto de gasolina ou uma loja de conveniência por conta própria para desenvolver o conceito desde o início em um mercado americano altamente competitivo.

Finanças Difíceis

A maioria das indústrias de negócio para consumidor (B2C) são propensas a ter uma grande quantidade de transações em dinheiro, e os postos de gasolina não são uma exceção. Embora o dinheiro possa parecer positivo em um negócio, ao contrário das transações com cartão de crédito, geralmente não é divulgado nos relatórios financeiros de uma empresa. Isto é especialmente importante para potenciais compradores de postos de gasolina e lojas de conveniência existentes. Quando chega a hora de rever as finanças durante a auditoria na compra de uma empresa, na maioria dos casos é muito difícil comprovar esse dinheiro. Os proprietários de empresas tendem a aumentar os números de vendas ou as despesas com menor custo por meio dessas transações em dinheiro, detalhes significativos que são evidentes para o potencial comprador após uma longa e onerosa auditoria.

As auditoria tendem a ser muito longas e difíceis nesse tipo de oportunidades de investimento, às vezes funcionando bem em 4-5 meses, se não mais. Muitas dessas auditorias resultam na redução da oferta inicial no preço de compra ou na retirada do negócio, devido à constatação de que as finanças não são tão fortes em papel como o proprietário da empresa declarou inicialmente. O processo de olhar para um posto de gasolina ou loja de conveniência existente pode perder um indivíduo interessado em fazer o investimento para obter seu visto de investidor E-2 ou L-1 se eles atravessarem esse processo e descobrirem que o empresário deturpou as finanças.

Um fator especialmente importante a ter em mente nesta indústria é o que torna o negócio rentável. Muitos investidores ficam surpresos ao saber que a loja de conveniência é onde o lucro real pode ser encontrado. A maioria dos empresários pode esperar lucrar com vendas de gasolina entre 15 e 20 centavos por galão vendido. Contrariamente à opinião do consumidor popular de que, à medida que os preços da gasolina aumentam, os postos de gasolina ganham mais lucros, os postos de gasolina realmente se beneficiam pouco com os aumentos nos preços da gasolina. De fato, geralmente as mudanças de preços se refletem em toda a cadeia de suprimentos, negando assim os efeitos das mudanças de preços no lucro. Além disso, os níveis de alta concorrência também desempenham um papel importante. Quando os preços da gasolina diminuem, os empresários têm mais espaço para diminuir ou aumentar seus preços. Com isso em mente, as vendas de gasolina não são o que torna o negócio rentável. Como a maioria dos empresários afirmam, “as vendas de gasolina ajudam a pagar o aluguel”. O lucro real vem da loja de conveniência, com a gasolina apenas ajudando a trazer os consumidores para a loja.

Investimento Alto

A compra de um posto de gasolina geralmente requer um investimento muito alto. Um posto de gasolina de alta qualidade e rentável provavelmente será mais de US $ 500.000, geralmente entre US $ 700.000 a US $ 800.000. Este valor aproximado é sem o terreno incluído, que muitos proprietários de postos de gasolina esperam comprar, bem como parte de seu investimento. Se o terreno for incluído na venda, os números poderiam ultrapassar os US $ 2 milhões, dependendo da localização e do tamanho do terreno. Embora seja possível encontrar postos de gasolina inferiores a esses investimentos, a qualidade ou o lucro – ou ambos – serão comprometidos. Outra possibilidade é tentar localizar um local vazio onde era um posto de gasolina e abrir novamente o negócio. Isso certamente pode reduzir os custos no início, mas tentar abrir um negócio a partir de zero é muito oneroso e demorado, especialmente neste setor específico. Outro detalhe importante a ter em mente é que o posto de gasolina que ali funcionava provavelmente fechou por um motivo; provavelmente muita concorrência nas proximidades ou a localização não era ideal – fatores que ainda estarão presentes uma vez que o novo posto de gasolina reabrir.

Sem suporte

Saber o que procurar quando comprar um posto de gasolina é crucial. Não ter o apoio que apenas uma franquia pode fornecer pode tornar este tipo de investimentos muito arriscado para novos investidores nos EUA, pois há muitos benefícios que vêm com um investimento de franquia. Além de revisar as finanças, os contratos de locação e distribuição de gasolina são críticos. No que diz respeito ao local, o preço não é a única coisa a procurar. Esclarecer quem faz a manutenção, reparo e substituição dos tanques subterrâneo de gasolina é fundamental, isso pode ser a chave de quão caro isso pode ser. Houve casos em que os inquilinos foram forçados a substituir um tanque de gasolina alguns meses após a aquisição do posto de gasolina, o que resultou em falência devido à alta despesa, imprevista, que isso trouxe.

Se um investidor comprou com sucesso o posto de gasolina, eles devem lidar com o período de transição. Os postos de gasolina são propensos a altas taxas de rotação. Saber como gerenciar os horários dos funcionários e agendar o número correto de funcionários para todos os turnos – muitos postos de gasolina estão ativos 24 horas por dia, 7 dias por semana – é primordial. Os novos empresários com pouca ou nenhuma experiência logo percebem o quão difícil é gerir os funcionários e muitas vezes devem estar pessoalmente disponíveis a qualquer momento do dia para resolver um problema, seja um empregado que não apareceu para o trabalho, um conflito com um cliente , resolver problemas técnicos, etc. Estas são questões que os investidores estrangeiros que se deslocam para os EUA através de um visto de investidor podem facilmente evitar, escolhendo investimentos em outras indústrias.

Ao mesmo tempo que gerir funcionários, os novos empresários precisam aprender a arte de comprar os produtos também. Vendo como o lucro vem da loja de conveniência, é vital que os produtos, inclusive o estoque, que está sendo comprado esteja no preço correto e na quantidade certa. Cerveja e vinho, tabaco e alimentos em geral têm a maior porcentagem de vendas em lojas de conveniência. Esses itens tendem a ter diferentes graus de margem, o que significa que a quantidade de vendas pode ser fundamental para obter lucro. O pagamento excessivo de itens ou a não compra suficiente podem prejudicar os lucros potenciais da loja.

Difícil de Operar

Os postos de gasolina são empresas operadas principalmente por seus proprietários. De acordo com o relatório 2017 NACS Retail Fuels, das 123.807 lojas de conveniência que vendem combustível nos Estados Unidos, em geral, 59% são operadores de lojas individuais, o que significa mais de 70 mil lojas. Muitas dessas pequenas empresas podem não ter os recursos para diferenciar suas lojas da marca de combustível que elas vendem e promovem, levando muitas vezes a percepções errôneas dos consumidores de que são empresas de propriedade e operadas por grandes companhias de petróleo. A realidade é que os proprietários desses negócios podem ser encontrados em várias ocasiões durante o dia no posto de gasolina ou na loja de conveniência, com muitos turnos duplos que funcionam para supervisionar as operações do negócio.

Resumo

Aparentemente, lojas de conveniência e postos de gasolina podem parecer investimentos muito atraentes para estrangeiros que procuram se mudar para os EUA através de um visto de investidor EB-5, L-1 ou E-2. No entanto, nossa pesquisa mostrou que não é a melhor opção de investimento para novos investidores entrarem nos EUA. Existem muitas outras indústrias fora de postos de gasolina e lojas de conveniência que são opções de investimento muito mais fortes. Visa Franchise está aqui para oferecer serviços para encontrar outros tipos de investimentos que serão capazes de oferecer orientação, suporte e resultados financeiros mais claros em uma ampla gama de indústrias.

Quem é a Visa Franchise?

A Visa Franchise orienta os investidores na identificação e análise das melhores oportunidades de investimento adaptadas aos seus objetivos específicos. O foco da empresa está em franquias que se qualificam para os vistos E-2 (1) e EB-5 (2). A Visa Franchise é o conselheiro de confiança de clientes de todo o mundo quando se trata em ajuda-los a encontrar a oportunidade de negócio que melhor atende às suas metas de investimento e imigração. A Visa Franchise leva em consideração a sua habilidade, experiência e tamanho de investimento para garantir que a melhor opção possível seja escolhida de acordo com o perfil de cada cliente. A Visa Franchise está baseada em Miami, Florida com escritórios em todo os EUA e no mundo.

Se você estiver interessado em possuir uma franquia, por favor, entre em contato através do e-mail: info@visafranchise.com ou dos telefones +1 888 550 7556 (EUA) e +55 11 4369 0945

Note: A Visa Franchise não faz quaisquer representações de desempenho financeiro além das fornecidas pelos franqueadores. Recomenda-se sempre consultar um advogado de imigração licenciado em relação às formas de imigração..
(1) O Visto de Investidor E-2 permite que o cidadão de um país que tenha tratado, de comércio e navegação, com os Estados Unidos resida nos Estados Unidos ao investir uma quantia substancial de capital em uma empresa norte-americana (geralmente> US $ 150.000).
(2) ) O visto de Investidor EB-5 requer pelo menos o investimento de US $500,000 em uma empresa dos Estados Unidos que cria pelo menos dez (10) empregos para cidadãos americanos ou detentores de Green Card nos primeiros dois (2) anos.Os investidores podem iniciar seus próprios negócios como investidores ativos ou investir em Centros Regionais designados como investidores passivos.
1 Comment

Post A Comment

What is the best business option for your investor visa? And the best visa for your business?

Wed. Oct. 28 | 2 PM (Miami / NY) | 11 AM (LA)
CLICK TO REGISTER AND ASK YOUR QUESTIONS LIVE!