Como financiar seu investimento do Visto EB-5 ou E-2? Parte 1 de 3

Como financiar seu investimento do Visto EB-5 ou E-2? Parte 1 de 3

Parte 1 de uma série de 3 partes

Por: Patrick Findaro, Gerente-Sócio de Visa Franchise LLC

Muitos dos investidores EB-5 e E2 potenciais possuem ativos líquidos. Outros não estão dispostos a vender pou adquirir ativos imobiliários nos EUA. Outros não estão felizes com os retornos de 0,25 ou 2,00% dados por projetos regionais. Seja qual for sua abordagem de investimentos e alocação de títulos, será de grande valor explorar algumas formas de financiar o investimento ao invés de investir diretamente. Um investidor EB-5 ou E-2 poderá explorar opções para alavancar seus títulos e valores de mercado, refinanciar seu imóvel nos EUA ou receber um empréstimo de um membro da família.

Do tempo que trabalhei como analista de crédito do JPMorgan Chase, eu observei uma característica comum entre muitos clientes de mercados emergentes. Se os clientes eram da Rússia, China ou Brasil, eles não estavam satisfeitos com os baixos rendimentos pagos nos EUA e fundos europeus de renda fixa, e buscavam aumentar seus retornos. Para aumentar o rendimento de seus investimentos, os bancos ofereciam empréstimos garantidos por títulos e valores mobiliários. Com o baixo custo dos empréstimos, muitos clientes usavam essa alavancagem estratégica e aumentar o retorno para cerca de 4% e 6% ou mais por ano.

Um paralelo semelhante há hoje em dia no mercado EB-5. Mais de 90% dos investidores vêm de mercados emergentes, e entram no mercado EB-5 para ter retornos de investimento menores que 2%. Além do mais, o investimento permanece por cinco anos ou mais. Muitas das maiores instituições financeiras como HSBC, Citibank e Morgan Stanley oferecem empréstimos quando os valores estão garantidos em ativos que cobrirão a linha de crédito. Ações “Blue-Chip” geralmente recebem até 60% e os título do tesouro dos EUA vão até 90%. A tabela a seguir ilustra uma carteira de exemplo:

eb-5_lending_chart_1Na carteira apresentada, o banco pode determinar um valor de empréstimo (loan-to-value, LTV) para cada classe de ativo de acordo com a porcentagem do valor de mercado disponível como garantia de empréstimo. Se o cliente tem um crédito no valor de U$ 600.000,00 para usar em seu investimento EB-5 e custos adicionais relacionados, ele terá um “colchão” ajustável caso o valor de mercado de seus títulos decaia. Se a linha completa de crédito de U$ 1.375.000,00 fosse utilizada (se autorizado pelo banco), o cliente correria o risco de sofrer uma perda de margem e ter de vender seus títulos para pagar o empréstimo.

Então quanto custará o empréstimo para compra de meus títulos?

As taxas de empréstimo podem variar de acordo a diversos fatores, incluindo as relações bancárias do cliente (como os ativos sob gestão e posse), além da liquidez e o nível de risco dos ativos. A taxa de empréstimo dependerá também do próprio custo do capital bancário e de fatores externos ao controle do banco como a taxa “London Interbank Offered Rate” (LIBOR). A LIBOR é uma taxa de referência que muitos dos bancos mais importantes do mundo cobram entre si para empréstimos de curto prazo e geralmente serve como o primeiro passo para calcular as taxas de juros em diversos empréstimos. A maioria das facilidades de crédito baseadas nos títulos (também conhecidos como linhas aconselhadas de crédito) são indexadas à taxa LIBOR. A tabela a seguir mostra como a LIBOR variou nos últimos anos..

Bancos podem oferecer linhas de crédito de bases nos titulos desde um mínimo de LIBOR + 1,50% para os principais e mais antigos clientes que tenham baixo risco e ativos líquidos em suas contas. Garantir uma baixa taxa de juros de um banco para então utilizar um mecanismo de empréstimo permitirá aos investidores manter seu capital gerando juros maiores, enquanto continuar investindo em um projeto EB-5 (que retorna um pouco mais que o investimento inicial de U$ 500.000,00). Mesmo nossos clientes diretos de EB-5 que compraram franquias nos EUA poderão obter proveito destes títulos. Muitas vezes eles não estão qualificados para um financiamento tradicional da franquia disponível para os que já possuem o “Green Card” além de um histórico positivo de crédito nos EUA.

 

Na segunda parte falaremos sobre como refinanciar sua propriedade nos EUA para investir em negócios EB-5 ou E-2.

Para qualquer dúvida, vá para nosso site Visa Franchise (www.visafranchise.com) ou entre em contato conosco: info@visafanchise.com

A empresa

Visa Franchise orienta os investidores a identificar e analisar as melhores oportunidades de investimento sob medida para os seus objetivos específicos.

Nós somos consultores de confiança para cidadãos estrangeiros que se qualificam para vistos E-2, L-1 ou EB-5 e gostariam de possuir uma franquia norte-americana, com um montante de investimento mínimo de US$ 150.000.

Leia Mais

1 Comment

Post A Comment