Ajuda para ítalo-brasileiros que buscam o visto norte-americano

Ajuda para ítalo-brasileiros que buscam o visto norte-americano

Parceria entre empresa ribeirão-pretana, Ello Cidadania Italiana e Visa Franchise LLC favorece cidadãos ítalo-brasileiros que buscam o visto norte-americano.

Por meio do visto E2, clientes com dupla cidadania poderão abrir microempresas e morar nos Estados Unidos legalmente com a família

A Ello Cidadania Italiana, empresa de Ribeirão Preto especializada nas áreas de assessoria e consultoria para processos de reconhecimento de cidadania italiana, anunciou nessa semana uma parceria com a consultoria norte-americana Visa Franchise. O objetivo é favorecer os ítalo-brasileiros (descendentes de italianos) que querem o visto americano por meio de investimento em microempresas nos Estados Unidos.

A parceria, que acaba de ser formalizada e iniciará os seus trabalhos a partir da segunda quinzena de fevereiro desse ano, funciona da seguinte maneira: os EUA mantém um “tratado comercial” com alguns países do mundo. Os cidadãos desses países podem pedir o visto E2, como os italianos, por exemplo. O Brasil, no entanto, não está entre os escolhidos. Porém, é grande o número de brasileiros que podem ter cidadania italiana, devido à vinda dos europeus para cá, em meados do século XIX.

A Ello Cidadania Italiana, portanto, repassará para a Visa Franchise os clientes que buscam a cidadania italiana. Caso haja interesse deles em abrir uma microempresa nos Estados Unidos, que deve ter como investimento inicial proporcional ao tipo de negócio que será aberto, a Visa fornecerá todo o respaldo comercial, jurídico e financeiro. Dessa forma, como cidadão italiano, o cliente ganhará, também, o visto norte-americano.

Além da empresa, o brasileiro com dupla cidadania terá residência legal, os filhos terão direito de estudar em escola pública até os 21 anos e a esposa (o) poderá trabalhar e morar nos Estados Unidos normalmente.

“Com certeza a parceria vai agregar uma opção a mais de benefícios aos clientes da Ello. A cidadania italiana vai facilitar todo o processo de empreendedorismo nos Estados Unidos, que é a principal economia do mundo”, disse o proprietário da Ello, Fabrício Zanello.

O visto, por lei, deve ser renovado num período de cinco em cinco anos. Para que a renovação seja aceita, o empresário precisa provar que nesse tempo conseguiu crescer a empresa e gerar um lucro. “Baseado no conhecimento no mercado norte-americano, a grande maioria dos nossos clientes conseguiu permanecer por muitos anos no país, pois seguiu nossos padrões de consultoria”, explica o diretor comercial da Visa Franchise, Patrick Findaro.

“O brasileiro até pode fazer um investimento nos Estados Unidos e conquistar o visto permanente, que é o EB5, do qual ele recebe o Green Card, que dá a ele todos os direitos norte-americanos. Porém, para isso, ele terá que investir cerca de meio milhão de dólares na empresa e declarar o Imposto de Renda no Brasil e nos EUA. Nós identificamos um mercado pequeno entre os brasileiros, pelos gastos. Então, desenvolvemos investimentos que qualificam para o E2, que é um visto temporário e pode evitar a bitributação. Assim, o investimento é menor, aproximadamente 150 mil dólares, e o processo fica mais fácil”, disse Rafael Lamberti, advogado brasileiro especialista em imigração e que trabalha em parceria com Visa Franchise.

Ele ainda explica que um dos requerimentos do visto, segundo a lei dos Estados Unidos, é de que o dono ou os donos de uma mesma nacionalidade tenham 50% ou mais dos direitos da empresa. Dessa forma, o restante do investimento pode ser financiado por americanos. Com essas características, a companhia poderá ser classificada como uma de um país de fora.

“É o que acontece, muitas vezes, com as franquias, investimentos imobiliários, restaurantes, entre outros. Esses segmentos são até mais fáceis de serem aprovados pela imigração pelo fato de serem negócios físicos. Eles, lá, têm essa mentalidade de uma empresa toda segmentada, separada por prateleiras, departamentos. Isso é sinônimo de organização e lucro para os norte-americanos”, disse Lamberti.

Mais informações sobre como conseguir o visto E2 e a cidadania italiana podem ser encontradas nos sites:www.ellocidadaniaitaliana.com.br /  www.lambertilegal.com / http://visafranchise.com/

A empresa

Na Visa Franchise, simplificamos o processo para os empresários residirem legalmente nos EUA. Fazemos isso analisando as melhores empresas para nossos clientes e suas famílias com base em seu próprio perfil exclusivo

Leia Mais

Latest Articles

Embaixadas e consulados dos EUA estão ABERTOS para entrevistas do visto E-2

Embaixadas e consulados dos EUA estão ABERTOS para entrevistas do visto E-2

Boas Notícias para Titulares e Requerentes de Visto E-2 e L-1

Boas Notícias para Titulares e Requerentes de Visto E-2 e L-1

Webinar Sobre Vistos E-2 e Opções de Franquias

Webinar Sobre Vistos E-2 e Opções de Franquias

A ordem de Trump para suspender a imigração não afeta vistos E-2

A ordem de Trump para suspender a imigração não afeta vistos E-2

Resiliente ao COVID

Resiliente ao COVID